Bebê de 10 meses se afoga em piscina de creche e pais entram na justiça

O menino fazia aulas de natação todos os dias no lugar localizado na cidade de Wenzhou, leste da China

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última segunda-feira (16), um bebê de 10 meses se afogou na piscina inflável de uma creche;
  • O menino fazia aulas de natação todos os dias no lugar localizado na cidade de Wenzhou, leste da China;
  • Foi o pai do bebê que fez a denúncia e divulgou um vídeo do momento do acidente.

Na última segunda-feira (16), um bebê de 10 meses se afogou na piscina inflável de uma creche. O menino fazia aulas de natação todos os dias no lugar localizado na cidade de Wenzhou, leste da China. Foi o pai do bebê que fez a denúncia e divulgou um vídeo do momento do acidente.

De acordo com o pai, a mãe do bebê acompanhava as aulas, mas deixou a criança sob os cuidados dos funcionários para tomar um ar fresco do outro lado da rua da creche. Mas, foi nesse momento que a criança caiu da boia, começou a se afogar e a equipe não percebeu.

Minutos depois a equipe percebeu o afogamento. O vídeo mostra um funcionário retirando a criança desacordada da piscina. O menino foi reanimado com medidas de primeiros socorros e sobreviveu. O bebê ficou um mês internado, mas se recuperou sem sequelas.

-Publicidade-
Menino se afoga em piscina da creche (Foto: The Sun)

De acordo com o pai da criança, a família pagava R$ 1.530 por ano para que a criança tivesse aulas de natação no local. O pai decidiu abrir um processo na Justiça contra o centro de cuidados infantis. As duas partes tentam chegar a um acordo na justiça.

A creche, no entanto, já concordou em arcar com as despesas médicas do garoto, mas insistiu que os pais erraram a partir do momento em que  não estavam monitorando o menino conforme exigido no contrato com a empresa.