Bebê de 10 meses morre e mãe é presa por maus-tratos

A criança passou mal e chegou a ser levada para o Pronto-Socorro do Hospital Regional

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • No último domingo (04), um bebê de 10 meses morreu em Nova Andradina, no Rio Grande do Sul.
  • A mãe foi presa, acusada de maus-tratos;
  • A criança passou mal e chegou a ser levada para o Pronto-Socorro do Hospital Regional – no entanto, o bebê já estava morto quando chegou.

No último domingo (04), um bebê de 10 meses morreu em Nova Andradina, no Rio Grande do Sul. A mãe foi presa, acusada de maus tratos. A criança passou mal e chegou a ser levada para o Pronto-Socorro do Hospital Regional – no entanto, o bebê já estava morto quando chegou.

No hospital, a equipe médica desconfiou de maus tratos e acionou a Polícia Civil, que prendeu a jovem de 20 anos. O SIG (Setor de Investigações Gerais) foi até a casa da mulher, onde estavam mais duas crianças, de dois e seis anos, que estão sob tutela do Conselho.

A prisão em flagrante foi comunicada ao MPE (Ministério Público Estadual) e ao Poder Judiciário. O caso segue em investigação.

Bebê sofre maus-tratos (Foto: Freepick)

Bebê morreu ao ser amamentado

Recentemente, uma bebê de um mês e 21 dias perdeu a vida após ser amamentada pela mãe. De acordo com a polícia, a vítima teria sofrido uma parada cardiorrespiratória. Foi o avô paterno da criança quem compareceu à Delegacia da Polícia Civil e comunicou o caso.

De acordo com o homem, ele recebeu uma ligação do filho pedindo ajuda – isso porque o bebê estava roxo. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado. A criança ainda foi levada à Santa Casa no último domingo (21), e lá, o óbito foi confirmado.

-Publicidade-

Segundo apuração do G1, o boletim conta que a mãe teria amamentado a criança e adormecido sobre o bebê em seguida. No entanto, o laudo do exame necroscópico do Instituto Médico Legal de Presidente Prudente ainda deve confirmar o que causou a parada cardiorrespiratória.

A mãe enlutada, fez uma declaração de amor em sua rede social: “Saiba que mesmo aí no Céu, distante da gente, a gente nunca vai deixar de te amar ou te esquecer um só dia. Meu coração dói, meu coração dói, meu coração dói; que saudades de você minha pequena. Que saudades de você, meu amor, saudade essa que nunca passará”, escreveu.

Os pais também devem prestar depoimento. A Polícia Civil informou que foi instaurado inquérito policial para apurar o caso. A bebê foi sepultada, na tarde desta segunda-feira (28), no Cemitério Municipal do distrito de Nova Pátria, em Presidente Bernardes, São Paulo.