Adolescente empurra criança de 6 anos do décimo andar de museu

Incidente aconteceu no Tate Modern, um dos mais importantes museus britânicos

Categorias

Compartilhe

Jonty Bravery, de 18 anos, admitiu na última sexta-feira (6) ter jogado um menino de apenas 6 anos do décimo andar do Tate Modern, um dos mais importantes museus de Londres, Inglaterra.

De acordo com o jornal New York Post, Bravery demorou alguns meses para se declarar culpado. Agora, ele ficará sob custódia até que receba sua sentença . O julgamento está marcado para 17 de fevereiro de 2020. Também não está claro porque o jovem quis machucar o menino e o empurrou, já que ambos não se conheciam.

O menino de 6 anos é francês e visitava a cidade com sua família, de férias. Quando o acidente aconteceu, ele estava no décimo andar do prédio, onde fica a famosa plataforma de observação do Tate Modern, de onde é possível ter uma visão panorâmica de Londres. Ao cair, o garoto aterrissou no quinto andar do prédio. Ele sofreu múltiplas fraturas nos ossos e teve sangramento no cérebro. O menino foi encaminhado imediatamente ao hospital, de avião; após passar meses em internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele agora se recupera na França, onde vive com a família. De acordo com parentes, ele já recuperou o movimento das pernas e tem se aventurado a sair de casa, mas ainda todo cuidado é pouco.