Adolescente abandona filha recém-nascida em contêiner de lixo “por desespero”

Em depoimento à polícia a mãe revelou que havia escondido a gestação da família e teve medo

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma jovem de 16 anos abandonou uma bebê ainda com o cordão umbilical em uma lixeira em Ceilândia, Distrito Federal;
  • Em depoimento à polícia a mãe revelou que havia escondido a gestação da família;
  • A menina ainda disse que o pai do bebê não quis assumir – o que a deixou em desespero.

Uma jovem de 16 anos abandonou uma bebê ainda com o cordão umbilical em uma lixeira em Ceilândia, Distrito Federal. Em depoimento à polícia a mãe revelou que havia escondido a gestação da família e o pai do bebê não quis assumir – o que a deixou em desespero. A bebê vai para adoção. 

Foi um catador de materiais recicláveis que encontrou a criança e avisou um sargento do Corpo de bombeiros que passeava com seus cachorros. A bebê estava sozinha em um contêiner de lixo. “Corri, tirei a camisa, embrulhei ela e a levei até minha casa. Chegando lá, minha esposa limpou a criança e acionamos os bombeiros”, contou o homem ao G1.

Menino é abandonado pela mãe adolescente (Foto: Reprodução / Arquivo pessoal)

A criança foi socorrida e levada ao Hospital Regional de Ceilândia. A polícia investigou o caso e encontrou a mãe da criança, que contou que deu à luz a menina, sozinha, no banheiro da casa da mãe, com quem mora. E agiu por medo e desespero.

A mulher deu à luz na terça-feira, 4 de maio e abandonou o filho por volta das 23h. A recém nascida foi encontrada por volta das 7h da manhã. O quadro de saúde dela é considerado “estável”. A  mãe foi ouvida e liberada. Ela vai responder em liberdade.