Vanessa Bryant fala sobre vazamento de fotos do acidente que matou seu marido e filha

A viúva disse, em nota, estar “absolutamente arrasada” e cobrou providências

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Kobe Bryant e filha Gianna morreram com mais oito pessoas em acidente de helicóptero
  • O jornal Los Angeles Times denuncia que fotos dos corpos tenham sido divulgadas
  • Vanessa Bryant fez um pronunciamento sobre o caso

Vanessa Bryant se pronuncia após divulgação das fotos do acidente (Foto: Reprodução/ Instagram)

Vanessa Bryant, viúva do ex-jogador de basquete Kobe Bryant, se pronunciou sobre a denúncia do Los Angeles Times, de que policiais envolvidos teriam divulgado ilegalmente fotos de corpos desfigurados no local da queda do helicóptero. O jogador foi morto em um acidente de helicóptero junto a filha, Gianna, e mais sete pessoas.

A polêmica começou na última quinta-feira (27), e as autoridades locais não desmentiram a publicação do jornal e se limitaram a informar que apuram a denúncia.  Todos os envolvidos no acidente tinham ligação com a família.

A viúva disse em nota, escrita por seu advogado, Garry Robb, estar “absolutamente arrasada”, e que “desejava proteger a dignidade de todas as vítimas e suas famílias”. Mas ainda assim, agradece a pessoa que apresentou uma queixa online expondo esses “atos de injustiça”.

Kobe Bryant morreu aos 41 anos no dia 26 de janeiro. Entre as vítimas do helicóptero que caiu em Calabasas, na Califórnia, nos Estados Unidos, estava a filha Gianna de 13 anos. Black Mamba, como ficou conhecido, era casado com Vanessa Laine com que teve com que teve além de Gianna,  Natalia Diamanete, Bianka Bella e Capri Kobe.

No domingo (23), Kobe e as demais vítimas foram homenageadas em cerimônia realizada no Staples Center, a casa do Los Angeles Lakers. O espaço lotou de famosos e fãs. O discurso de Vanessa foi muito esperado, e de fato, emocionou a muitos.

 

Leia o comunicado na íntegra:

Nossa cliente, Vanessa Bryant, está absolutamente arrasada com as alegações de que policiais do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles e do Departamento de Bombeiros de Los Angeles divulgaram publicamente fotos do local do acidente A Sra. Bryant foi pessoalmente ao escritório do xerife em 26 de janeiro e solicitou que a área fosse designada como zona de exclusão aérea e protegida de fotógrafos, o que foi de importância crucial para ela, pois ela desejava proteger a dignidade de todas as vítimas e suas famílias. Na época, o xerife Alex Villanueva nos garantiu que todas as medidas seriam tomadas para proteger a privacidade das famílias, e entendemos que ele trabalhou duro para honrar esses pedidos.

Os socorristas devem ser confiáveis. É indesculpável e deplorável que alguns policiais da subestação do xerife de Lost Hills, outras subestações vizinhas e LACOFD supostamente violem seu dever. Trata-se de uma violação indescritível da decência humana, respeito e dos direitos à privacidade das vítimas e de suas famílias. Exigimos que os responsáveis ​​por essas ações alegadas enfrentem a disciplina mais dura possível e que suas identidades sejam reveladas, para garantir que as fotos não sejam mais divulgadas. Estamos solicitando uma investigação de assuntos Internos desses supostos incidentes.

A Sra. Bryant agradece a pessoa que apresentou uma queixa on-line expondo esses atos de injustiça e pela escolha de proteger a dignidade humana.

Pedimos que qualquer pessoa que tenha informações sobre os fatos subjacentes a esses supostos incidentes vergonhosos entre em contato com o escritório em 816-474-8080 ou envie um e-mail para www.robbrobb.com