Titi Müller explica como superou o aborto

A apresentadora está grávida e relembrou que, quando perdeu seu primeiro filho ‘foi muito doloroso’

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Titi Müller está grávida de seis meses de Benjamin
  • Um ano antes da atual gestação, a mulher sofreu um aborto espontâneo
  • Em entrevista, falou da perda e do recomeço

Titi Müller grávida de seis meses (Foto: Reprodução / Instagram)

Titi Müller está grávida de seis meses de Benjamin, fruto de seu relacionamento com Tomás Bertoni. A apresentadora contou em entrevista á Marie Claire, sobre o aborto espontâneo que sofreu menos de um ano antes da atual gestação.

“Eu estava querendo ter filho logo, queria ser mãe há muito tempo. Engravidei em dezembro de 2018, tive uma perda gestacional em janeiro e foi muito doloroso. Fiquei chateada e queria tentar de novo”. Segundo Titi, na ocasião, ela havia feito o teste de gravidez  em casa e devido à felicidade tamanha, compartilhou com seus fãs. Mas em seguida, deu a triste notícia.

Após a perda, o casal realizou uma cerimônia de casamento íntima, apenas para amigos e familiares. “Nos casamos e, por conta da agenda apertada, parecia que setembro era uma boa época para engravidar. Estava muito a fim disso, o Tomás também estava focado e fizemos algumas contas. Deu certo! Ele veio (Benjamin), fiquei incrédula com o resultado positivo porque não pensava que fosse acontecer tão rápido”explicou a famosa.

Desta vez, os pais de Benjamin aguardaram a oitava semana de gravidez para anunciar a novidade. Tínhamos sofrido uma perda e preferimos manter a calma”, explicou Titi. Contudo, a emoção só aumentava. Com dez semanas o casal pôde ver em exame o bebê em formação; braços, pernas e tronco. “Choramos muito e começamos a sentir que eu realmente estava grávida. […] Foi uma confirmação e um alívio saber que já tínhamos passado por essa”, contou ao portal.

-Publicidade-

Curiosidades da gravidez

Titi Müller sempre usa o Twitter para falar sobre as mudanças que seu corpo está passando devido à gravidez. A repórter comentou sobre o sono excessivo, sintoma que ela enfrenta nos primeiros meses de gravidez. “18 semanas dividida entre dar rolê enquanto posso e dormir enquanto posso” e “um sono intenso um raio vívido”, escreveu na rede social.

E recentemente, usou a rede para falar da mudança da família e até para pedir conselho aos seus seguidores: “Gente agora um assunto muito sério, vcs acham que os cílios fio a fio já foi ou ainda é?”, questionou. “Sou viciada e queria muito parir de cílios, mas parece que derrete ozóio. Confere?”, além de fãs, médicos e profissionais que trabalham com cílios responderam a publicação.