Tal mãe, tal filha! Thaeme posta foto de Liz com look igual ao dela

“Você é um pedacinho meu”, escreveu a artista

Categorias

Compartilhe

Quando Thaeme Mariôto posta fotos de Liz, sua filha de apenas sete meses, a gente se derrete. Mas hoje o registro foi ainda mais especial: mãe e filha apareceram com looks combinados! Na imagem, a cantora segura a herdeira nas mãos e exibe a roupa, preta com babado estampado de oncinha.

“🖤 Você é um #PedacinhoMeu 🖤 #TalMãeTalFilha #MãeDeMenina”, escreveu Thaeme na legenda da imagem, que, em poucas horas, passou as 60 mil curtidas. A legenda é uma clara referência à música “Pedacinho meu”, composta por Thaeme em homenagem à filha.

Thaeme e a filha, Liz, com looks combinando (Foto: Reprodução/Instagram)

Liz nasceu em abril de 2019; a menina é o primeiro fruto do relacionamento de Thaeme com Fábio Elias, após a cantora sofrer um aborto espontâneo no ano anterior. O final da gravidez de Liz também foi bastante intenso; Thaeme foi diagnosticada com trombofilia, uma predisposição do corpo para desenvolver trombose. A doença foi descoberta no início da gestação e o tratamento, com uso diário de injeções anticoagulantes e aspirina, deixou a artista cheia de hematomas pelo corpo.

 

Bebê na fisioterapia?

Recentemente Thaeme Mariôto compartilhou com seus seguidores imagens de Liz fazendo sessões de fisioterapia. A cantora explicou no vídeo que a pequena está fazendo exercícios para estimular o engatinhar. Em um primeiro momento, as imagens mostram Liz na posição com quatro apoios, chamada de gatinho. Com a bebê nessa posição, a fisioterapeuta faz com as perninhas movimentos de vai e vem, simulando, assim, o engatinhar.

Depois, Thaeme mostrou a filha apoiada apenas de joelhos no sofá, com as mãos apoiadas no braço do móvel. “O importante é fortalecer antes no ‘gatinho’ pra ela engatinhar com segurança quando chegar a hora! Bem legal deixar nessa posição de joelhos!”, comentou a artista no vídeo.

Esta não é a primeira vez que Liz realiza sessões de fisioterapia. A bebê tem feito sessões desde os quatro meses de vida, para ajudá-la na amamentação. Isto porque na época a bebê estava mamando de um jeito que a fazia engolir ar, e os exercícios indicados ajudaram a aliviar os gases da criança.