Thaeme Mariôto nota detalhe em foto da filha: “Parecendo um menininho”

No registro, sua filha de nove meses, Liz, aparece brincando na piscina com o pai, o empresário Fábio Elias

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • No último domingo (16), Thaeme Mariôto compartilhou um momento fofo em seu Storie do Instagram
  • Sua filha de nove meses, Liz, aparece brincando na piscina com o pai, o empresário Fábio Elias
  • “Mamãe, tô parecendo um menininho!”, escreveu na publicação

No último domingo (16), Thaeme Mariôto compartilhou um momento fofo em seu Storie do Instagram. Sua filha de nove meses, Liz, aparece brincando na piscina com o pai, o empresário Fábio Elias. Durante os cliques, a famosa se surpreendeu com a aparência da menina.

Ao fotografar a cena fofa, a cantora se atentou a um detalhe. ” “Mamãe, tô parecendo um menininho!”, escreveu na publicação. Depois, ela também comentou sobre a importância de deixar os bebês e crianças livres para brincarem à vontade.

A pequena curtiu o dia de sol com a família (Foto: Reprodução/Instagram/@thaeme)

A mamãe provou que gosta de ver a filha livre. Liz brincou bastante e se sujou. “Fala sério, quanto mais suja, mais feliz! Liz 9 meses! Quase 10 meses! Bebê raiz! Meu arco-íris!”. Muitos seguidores elogiaram Thaeme pela atitude. “Parabéns por deixar ela se sujar! Muitas mães não deixam eles terem este contato, mas é muito importante!”, comentou uma fã. Outra, afirmou que a Liz é linda de qualquer jeito. “Fico boba de ver o quanto feliz ela é!”, acrescentou.

Uma internauta também afirmou que há grande importância em deixar os filhos brincarem livremente e de forma saudável. “Terra faz bem para as crianças! Quanto mais brincar melhor!”. Enquanto isso, diversas pessoas compararam a aparência da menina com seu pai. “Ela tá ficando muito parecida com o pai!”.

Terror noturno

Thaeme Mariôto contou que sua bebê está passando por uma situação complicada: o terror noturno. Liz, que tem apenas nove meses, está enfrentando muita dificuldade para dormir e chegou até mesmo a chorar e gritar durante à noite.

A cantora imaginou que esse fato estava acontecendo devido ao nascimento do primeiro dentinho da menina. “Dentinho nascendo, ela reduziu o apetite, passou a comer menos e teve um pouquinho de febre. Aquele sintoma do sono, o pediatra dela falou que não tem nada a ver com o dentinho, a questão maior dela agora é o sono…Pelo jeito tá com o tal do ‘terror noturno’. Ela sempre dormiu tão bem, mas agora tá desafiador”, disse.

O transtorno atinge, em média, 5% dos bebês. Isso acontece enquanto eles estão na fase do sonho em que dormem profundamente, mas não sonham. Quando a criança é diagnosticada, ela pode chorar, se debater e gritar no período da noite. O ataque dura de poucos minutos até meia hora.