Mulher Melão sofre aborto espontâneo: “Não estou acreditando”

Artista estava no terceiro mês de gestação

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Renata Frisson, também conhecida como Mulher Melão, revelou em entrevista que sofreu um aborto espontâneo
  • Ela esperava seu primeiro filho
  • “É horrível. Não estou nem acreditando”, disse Renata

Renata Frisson, mais conhecida com Mulher Melão, perdeu o bebê que estava esperando na noite da última sexta-feira (6). Em entrevista ao jornal Extra, a artista de 33 anos contou detalhes sobre o processo, que, em suas próprias palavras, é “bem triste, horrível”. Ela estava no terceiro mês de gestação.

Mulher Melão anuncia que sofreu aborto espontâneo no terceiro mês de gestação (Foto:Reprodução/Instagram)

“Essa noite eu senti uma cólica muito forte, quando cheguei no hospital apresentou um sangramento. O médico disse que era inviável a gestação. Tive um aborto espontâneo, fui internada e fizeram uma curetagem em mim”, contou a Mulher Melão. Ela passou a noite no hospital, mas já está em casa. “Estou um pouquinho fraca, abalada, e bem triste. É horrível. Não estou nem acreditando”, lamentou.

A notícia da gravidez pegou os fãs de surpresa em janeiro. Através de suas redes sociais, ela postou fotos e revelou estar nos Estados Unidos fazendo o enxoval do bebê. A funkeira não quis revelar quem é o pai da criança e deixou os seguidores bastantes curiosos – de acordo com ela, trata-se de um “amor antigo”.

Mulher Melão faz enxoval de bebê nos Estados Unidos (Foto: Reprodução/Instagram)

Em entrevista ao jornal Extra na época, Mulher Melão contou sobre a descoberta da gravidez e como está se sentindo neste momento de sua vida. “Eu quase morri quando vi que iria ser mãe. Estava com os seios inchados, cheia de desejos. Aí fiz o teste e vi que já são quase dois meses. Nunca pensei que queria ser mãe. Estou processando tudo ainda”. Sobre o pai, disparou: “É um amor antigo. Ainda tem muita gente para contar. Só quem sabia era minha família e um amigo. O pai ainda está em choque”.

Cerca de 60% dos abortos espontâneos que ocorrem no primeiro trimestre de gestação ocorre por fatores genéticos e a maioria não é recorrente. A chance de perder outro bebê se já teve um aborto espontâneo não é maior. No entanto, depois de duas ocorrências a chance pode aumentar para 20% e depois de três para 30%. “Mas tenha em mente que ainda que você tenha tido três abortos, ainda há 70% de chance de conseguir ter o bebê”, explica o endocrinologista Joseph Hill, presidente do Centro de Fertilidade de New England, nos Estados Unidos, em entrevista à revista americana Parents.