Longe do filho, Fernanda Gentil diz sentir “saudade mortal”

Durante o isolamento social, o menino está morando em outro estado com o pai

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • A apresentadora Fernanda Gentil fez uma publicação emocionante em seu Instagram;
  • A jornalista falou que esta com “uma saudade mortal” de seu filho Lucas, de 12 anos;
  • Durante o isolamento social, o menino está morando em outro estado com o pai.

Fernanda Gentil (Foto: Reprodução/ Instagram)

A apresentadora Fernanda Gentil fez uma publicação emocionante em seu Instagram na última quinta-feira (25). Tudo que a jornalista falou foi que esta com “uma saudade mortal” de seu filho Lucas, de 12 anos. O menino é criado pela apresentadora desde bebê,  depois da morte da mãe dele, tia dela. 

Durante o isolamento social, o menino está morando em outro estado com o pai. Para falar da saudade, Fernanda publicou uma foto de Lucas e Gabriel, de 4 anos, que nasceu do casamento dela com o ex-marido, Matheus Braga, com quem ficou de 2013 a 2016. Ambos estão de costas, bem próximos um ao outro. 

Filhos Fernanda Gentil (Foto: Reprodução/ Instagram)

Na legenda, Gentil escreveu: “Saudade mortal de ver vocês assim, sem nenhum espaço entre um e outro. De te esmagar num abraço até você pedir arrego. De admirar sua covinha por horas e horas sem nem você entender o motivo do meu olhar. Saudade física, daquelas que irrita a pele, tira o ar e dói o peito. Aliás, saudade foi o que senti um dia de alguém ou alguma coisa… por você, desde que tudo isso começou e não conseguimos nos ver pessoalmente, tenho sentido um buraco. Há 3 meses te prometo todos os dias a mesma coisa, e agora tá começando mais um em que vou te dizer de novo: ao primeiro sinal de que eu posso cruzar esses estados todos sem correr risco de me contaminar e transmitir pra você, a primeira coisa que eu vou fazer é embarcar pra te ver. Sem nem pensar, calcular ou negociar. Não tenha dúvidas, eu te prometo com a minha palavra, olhando no seu olho, assim como fazemos nas nossas conversas de vídeo”, começou ela. 

-Publicidade-

“Meu otimismo me lembra sempre que ainda bem que isso tudo aconteceu com você assim, grandinho, conseguindo entender a gravidade de tudo; assim fica mais fácil justificar a demora pra gente se encontrar. Mas nunca foi tão cansativo ser otimista, porque o resto todo é muito difícil, e muita coisa é impossível – o mais impossível é não pensar em você a cada minuto. Rezo todas as noites pra isso tudo acabar logo pelos motivos óbvios e urgentes; diminuir o número de casos, zerar o número de mortes, comércio voltar, desemprego cair, fome sumir…. mas, se me permite um motivo com um pingo de egoísmo, eu confesso: rezo pra tudo isso acabar logo também pra eu voltar a sentir o ar entrando pelos meus pulmões enquanto meu coração transborda de felicidade. E isso só acontece quando você tá nos meus braços. Te amo mais que tudo!”, finalizou ela.