Letícia Colin fala sobre depressão pós-parto e relembra a importância de sua família

A atriz é mãe de primeira viagem e sempre busca desconstruir padrões e preconceitos com relação a  maternidade

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Letícia Colin é mãe de primeira viagem e sempre busca desconstruir padrões e preconceitos com relação a  maternidade;
  • A atriz falou que seu filho, o pequeno Uri, tem sido um pilar muito importante para manter o psicológico da família intacto;
  • A mãe também falou do isolamento social e da depressão pós-parto.

Letícia Colin é mãe de primeira viagem e sempre busca desconstruir padrões e preconceitos com relação a dor e a delícia da maternidade. Em entrevista ao O Globo, a atriz falou que seu filho, o pequeno Uri, tem sido um pilar muito importante para manter o psicológico da família intacto.

Uri nasceu no dia 14 de novembro de 2019 e é o primeiro fruto do relacionamento de Letícia Colin com o ator Michel Melamed. O bebê nasceu em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro e completa oito meses de vida.

“É uma injeção de devir o tempo inteiro. Vejo a esperança engatinhando na minha frente — diz Letícia sobre o isolamento com o filho. A atriz também explicou que ouvir relatos de outras mulheres sobre maternidade ajudaram-na a não se desesperar.

Letícia Colin fala sobre a maternidade (Foto: Reprodução/ Instagram))

Letícia contou que pouco tem encontrado tempo para si mesma: “vejo as pessoas fazendo curso de inglês e francês na quarentena… não consigo fazer nada e já me sinto exausta”, diz a mãe.

“Eu imaginava que poderia cair na depressão pós-parto, já que tive depressão. Estávamos muito atentos a isso. Mas foi suave, porque fui amparada pelo Michel e pela rede feminina de trocas de informação”, conta. “Quando fiquei grávida, fiz o pacto de ser uma mãe que abandonaria estruturas antigas de quem está sujeita a aprovações”. Essa não foi a primeira vez que a atriz falou das dificuldades e dores de ter um bebê.