Em meio a surto de coronavírus, Mariana Uhlmann rebate críticas por ter ido à praia com filho

Vicente, filho caçula da jornalista e de Felipe Simas, tem menos de um mês de vida

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Mariana Ulhmann rebateu críticas dos internautas nesta segunda-feira (16)
  • A jornalista foi criticada por ir com o filho recém-nascido à praia
  • Seguidores ficaram preocupados com a esposa de Felipe Simas devido ao surto do novo coronavírus

Mariana Uhlmann precisou usar suas redes sociais para se defender nesta segunda-feira (16), após ser bastante criticada por ter ido à praia com o filho caçula, Vicente, que tem menos de um mês de vida. Os internautas ficaram preocupados pois uma das principais recomendações do Ministério da Saúde para conter o avanço do surto do novo coronavírus no país é ficar em casa.

A morena explicou que não foi simplesmente dar um passeio com o recém-nascido, mas uma saída bem rápida. “Não fui ficar na praia. Estou desde que começou esse coronavírus sem nem descer de casa. Moro perto e fui comprar água de coco. Foi só isso”, disse Mariana.

Mariana Uhlmann deu à luz seu terceiro filho, Vicente, fruto de seu relacionamento com Felipe Simas (Foto: Reprodução/Instagram)

Vicente é seu terceiro filho, fruto de seu relacionamento com o ator Felipe Simas. O bebê nasceu em 20 de fevereiro, na maternidade Perinatal, localizada no Rio de Janeiro. Transbordando amor pelo nascimento de mais um sobrinho, Bruno Gissoni, irmão do famoso, utilizou sua conta do Instagram para dizer sobre o momento especial. Na foto, também aparece Felipe. Eles olham para Vicente, que está dentro do berçário.

“Vida nova”, escreveu na legenda. Até o momento, a publicação atingiu mais de 460 mil curtidas e teve cerca de dois mil comentários. Os fãs não ficaram de fora e disseram frases engraçadas e fofas à família. “Seu irmão tá profissional nisso, ein!”, brincou uma internauta.”Que foto maravilhosa e que linda a União desses irmãos. Deus abençoe essa vida que veio ao mundo”, escreveu uma seguidora.

Felipe Simas e Mariana Uhlmann também são pais de Joaquim, de cinco anos, e Maria, de três anos.

 

-Publicidade-

Coronavírus: casos no Brasil e como proteger sua família

Os casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) chegaram a 234 nesta segunda-fiera (16), segundo a atualização divulgada pelo Ministério da Saúde. É mais do que o dobro de três dias atrás. Na sexta-feira (13), o total passou de 100 pela primeira vez e agora já ultrapassa os 200. Ontem, o balanço registrou 200 pessoas infectadas.

Ainda de acordo com informações oficiais, São Paulo é responsável por mais da metade dos casos (152). Em seguida vêm Rio de Janeiro (31), Distrito Federal (13), Santa Catarina e Paraná (6) e Minas Gerais (5).

Os coronavírus são uma família de vírus conhecida há mais de 50 anos. Tem este nome porque parece uma coroa, se visto no microscópio. Algumas cepas infectam seres humanos, outras infectam somente animais. O novo vírus (2019-nCoV) provavelmente é uma mutação que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China.

Para se prevenir, a recomendação do Ministério da Saúde é a mesma feita para a prevenção de infecções respiratórias agudas. São elas:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados;
  • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.