Coronavírus: rainha Elizabeth muda seus hábitos com surto da doença no Reino Unido

Número de casos subiu para 372 na região e a sexta morte causada pelo vírus foi confirmada nesta terça-feira (10)

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • O novo coronavírus (Covid-19) tem feito o mundo mudar seus hábitos
  • A rainha Elizabeth tem evitado contato com as pessoas em eventos oficiais
  • Confira as dicas do Ministério da Saúde para se prevenir

A expansão do novo coronavírus (Covid-19) fez com que o mundo ficasse em alerta e tomasse atitudes para se prevenir contra a doença – inclusive a família real britânica. No Reino Unido, o número de casos subiu para 372 e a sexta morte causada pelo vírus foi confirmada.

Rainha Elizabeth tem evitado contato em eventos oficiais (Foto: Reprodução / Instagram)

Em recepção nesta terça-feira (10), a rainha Elizabeth não apertou as mãos da alta comissária do Sri Lanka, Saroja Sirisena, e de seu marido, Dr. Sudath Talpahewa, na sala de 1844 de sua residência real. Saroja Sirisena entregou suas credenciais que a rainha recebeu e o dr. Talpahewa fez uma reverência ao chefe de Estado à distância, quando ele foi apresentado.

Já na última terça-feira (3), em outro evento, a rainha usou luvas brancas enquanto apertava as mãos de várias pessoas depois de entregar medalhas no evento no Palácio de Buckingham.

O Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido pediu que as pessoas que chegam da Itália se isolem por 14 dias. Vários eventos culturais e artisticos foram adiados, incluindo o tradicional St. Patrick’s Day.

 

-Publicidade-

Coronavírus: como se prevenir

Os coronavírus são uma família de vírus conhecida há mais de 50 anos. Tem este nome porque parece uma coroa, se visto no microscópio. Algumas cepas infectam seres humanos, outras infectam somente animais. O novo vírus (2019-nCoV) provavelmente é uma mutação que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China.

Para se prevenir, a recomendação do Ministério da Saúde é a mesma feita para a prevenção de infecções respiratórias agudas. São elas:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados;
  • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.