Atriz famosa desabafa após sofrer aborto: “Tive que dormir com meu bebê morto dentro de mim”

Ela falou mais uma vez sobre o assunto depois de perder o filho em novembro do ano passado

Categorias

Compartilhe

Hilaria é casada com Alec Baldwin (Foto: reprodução / Instagram @hilariabaldwin)

Depois de falar sobre o aborto espontâneo que sofreu em novembro de 2019, Hilaria Baldwin contou sobre as mudanças corporais e as expectativas de tentar mais uma gravidez este ano. A atriz espanhola que é casada com Eric Baldwin, fez um desabafo em entrevista à revista Glamour depois de descobrir que o quinto filho do casal estava morto na 16ª semana de gestação.

“Assim que a imagem do ultrassom apareceu na tela, vi que meu bebê tinha morrido. Não tinha movimento, nem batimentos cardíacos. Ele estava amassado, sem vida no meu ventre”, lembrou. Ela e o marido se casaram em 2012 e têm quatro filhos: Carmem, de seis anos, Rafael, de quatro, Leonardo, de três, e Romeu, de um.

O casal tem quatro filhos (Foto: reprodução / Instagram @hilariabaldwin)

A atriz, que está atualmente com 36 anos, relembrou que já passou por um aborto espontâneo, mas acreditou que por já estar no quarto mês de gestação, não correria mais riscos. “Eu tive que ir para casa e dormir com meu bebê morto dentro de mim. Me senti mal, um azedo na minha barriga e estava devastada”, desabafou. “Continuei acordando e pensando que tudo devia ter sido um pesadelo muito vívido. Eu chorei tanto que meus olhos estavam inchados… Foi uma dor que eu nunca havia experimentado antes, que me fez sentir sufocada”.

Hilaria, que também é apresentadora do podcast Mom Branin, disse que resolveu falar abertamente sobre o assunto para ajudar outras mães que gostariam de ter esse espaço. “Compartilhar não apenas me permitiu concordar com o que era real, mas também me conectar com o apoio de tantas mulheres que queriam falar sobre seus próprios abortos. Processamos nossas perdas juntas, percebemos que não estávamos sozinhas e colocamos toda essa experiência no contexto de uma vida que nem sempre é benevolente”, concluiu.

O aborto

Ela perdeu o bebê com 16 semanas de gestação (Foto: reprodução / Instagram @hilariabaldwin)

“Estamos muito tristes em compartilhar que soubemos que nosso bebê morreu aos quatro meses. Embora não estejamos bem, nós ficaremos. Somos muito sortudos com nossos outros quatro bebês saudáveis – e nunca deixamos de lembrar disso. Estou completamente devastada. Não esperava por isso quando fui fazer o ultrassom hoje. Não sei mais o que dizer, continuo em choque”, disse Hilaria ao compartilhar a notícia pelo Instagram